Como os comércios de Arenápolis-MT vem reagindo após pandemia? Confira – Diário Prime

Como os comércios de Arenápolis MT vem reagindo após pandemia? Confira   Diário Prime

Arenápolis-MT, Terça-Feira, 14 de junho por Thais Rezende para o site – O comércio de Arenápolis vive um novo momento culturalmente falando. Nesse contexto alguns empresários relatam como estão lidando com o chamado “novo normal”. E falar também do que esperar do futuro após esse momento difícil.

Ao abordar os impactos negativos e positivos causados pela pandemia no meio empresarial, alguns comerciantes comentaram sobre essas as adaptações feitas para não deixar de vender.

Confira aqui:

Momentos pós pandemia para os comerciantes

A equipe saiu para as ruas para entrevistar alguns comerciantes locais. A entrevista veio para esclarecer como os comerciantes estão lidando com as vendas de produtos depois da pandemia. De acordo com eles as vendas caíram muito durante e eles se viram na necessidade de se reinventar.

A crise afetou a todos de forma significativa, onde os comerciantes de produtos e serviços considerados não essenciais se viram em grande perca de seu faturamento. Conforme a comerciante Michelly Guedes, proprietária da Santa Bolsa

Então durante a pandemia as vendas realmente caíram bastante, até então eu tinha duas lojas a Santa Bolsa e a Cravo e Canela, eu me vi na necessidade de juntar as duas lojas, pois diminuiu muito o fluxo de vendas.

Conforme a proprietária disse, teve que juntar as duas lojas foi a melhor decisão, pois assim diminuiria os gastos com aluguéis e funcionários. Atualmente com a junção das lojas, tem um faturamento maior do que quando eram separadas.

A proprietária se viu em necessidade de reinventar a forma de vender, foi quando a mesma decidiu fazer uma live para vender seus produtos. A mesma ainda afirma que as lives foram boas durante a pandemia, porém hoje após pandemia não faz mais. As lives funcionou mais como uma forma de queima de estoque, onde tinha produtos parados.

comércio de Arenápolis - Por Walber Almeidacomércio de Arenápolis – Por Walber Almeida

Impactos da pandemia em outros comércios de Arenápolis

Ao entrevistar o Sr. Sebastião Marconi proprietário do Marcons Hotel, no começo da pandemia teve uma queda de 70% na procura dos serviços oferecidos. Onde o mesmo teve seu estabelecimento fechado durante 15 dias, sem ter muito o que fazer.

Após este prazo ele reabriu o hotel seguindo todas as normas de segurança exigida pelos os órgãos de saúde. Conforme o proprietário os 4 primeiros meses de pandemia teve um impacto enorme no seu empreendimento, mas atualmente vem melhorando cada dia mais.

A Exponápolis e as vendas de produtos e serviços até agora nos comércios de Arenápolis

Ao questionar a proprietária da Santa Bolsa sobre “como está à procura de produtos ou serviços para a nossa 1º Exposição?” a mesma afirmou que:

Olha eu ainda não senti aquecer o comércio por conta da exposição não, o comércio daqui mesmo gira mesmo em datas comemorativas como Natal e dia das Mães, as datas de festas vendem, porem em um impacto menor.

Já para o Sr. Sebastião a festa já vem movimentando, pois as bandas dos cantores nacionais já reservaram boa parte dos apartamentos, então ele acredita que a economia local só tende a melhorar, mostranndo-se ansioso para o maior evento da cidade.

Leia mais:

Pode-se observar que a pandemia mudou muito a forma de vendas e serviços, mas a incrível habilidade dos brasileiros se reinventar está ajudando o comércio a se reerguer e assim fazer a economia girar rumo ao crescimento dos comércios de arenápolis.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.