Noticias
Trend

Motorista flagrado a 200 km/h na BR-153 em Campinorte tem carteira cassada

Um caso inusitado foi registrado pela PRF de Campinorte, na BR-153.

Não ficou impune o motorista que foi flagrado a quase 200 km/h numa rodovia que tem velocidade máxima permitida de 100 km/h. Atingindo quase o dobro da velocidade limite, o motorista do veículo foi multado e acabou perdendo a carteira, por conta do acúmulo de pontuação. O F7News apurou com a DPR de Campinorte e Formosa, que o motorista já tinha mais de 15 pontos em sua habilitação.

Com uma multa na casa dos R$ 1 mil, o motorista acabou acumulando mais 7 pontos em sua habilitação e superando os 21 pontos, ele perderá a carteira. Entretanto, como cabe recurso, o motorista poderá ainda alegar que não era ele dirigindo e transferir a pontuação para uma outra carteira de habilitação. A DPRF alerta que a transferência de pontos só deve ser feita se realmente o condutor for quem recebe a pontuação. Caso contrário, configura-se um crime.

BR-153 registra recorde de velocidade, relembre

O caso ficou registrado como o recorde de velocidade. O carro passou a, nada menos que 196 km/h. A Br-153, em Campinorte possui vários desníveis tornando-se muito perigosa, mesmo a  100 km/h. O F7News conversou com o agente que flagrou o veículo Honda Civic que segua rumo Uruaçu e ele disse que nunca havia registrado uma velocidade tão alta.

Só neste ano, quase 60 mil veículos já foram flagrados nas rodovias do Brasil com velocidade acima da permitida. O número é 15% superior ao ano de 2017 e a DPRF faz o alerta aos motoristas que costumam trafegar acima do limite: as fiscalizações se intensificarão neste mês de julho, mês de férias escolares. Julho é um mês onde o número de acidentes em rodovias federais tende a aumentar.

Hugo Reis

Pós graduado em jornalismo tenho mais de 5 mil artigos publicados na internet. Experiência em vários sites de notícias brasileiros. Morador de Formosa/GO, decidi criar o F7 para retratar a verdade nua e crua da cidade. Contato: hugo.reis@f7news.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Close